VANTAGENS E DESVANTAGENS DO TERMÔMETRO DE ESPETO PARA CHOCOLATES

Hoje eu tô aqui pra gente falar de termômetro de contato que é o que a gente chama de termômetro de espeto.

Lucre com Chocolate o Ano Todo

Conheça a melhor maneira de trabalhar com chocolate e gerar uma renda extra

Quero gerar renda extra com Chocolate!

Qual termômetro você costuma usar quando vai trabalhar com chocolate? 

O infravermelho ou esse de espeto? 

Me conta nos comentários... 

Uma coisa é certa, se você trabalha, ou quer trabalhar com chocolate, usar um termômetro, qualquer um desses na verdade, é indispensável, é um requisito mesmo, afinal, como eu vivo repetindo aqui no canal e nos meus cursos, o chocolate pede por precisão. E vamos combinar que testar a temperatura no lábio não é o meio mais preciso pra conferir a temperatura né? 

O lábio pode até te dar uma sensação de quente ou frio, mas a gente não tem uma sensibilidade tão grande que a gente perceba mudança de 1 ou 2 graus. E no chocolate, 1 ou 2 graus acima ou abaixo podem fazer toda a diferença. 

Eu vou até te confessar aqui que prefiro o termômetro a laser, porque acho ele mais rápido e prático, e quando falamos de grandes produções essa praticidade dele ajuda demais.  

Mas ele tem seus problemas, nem sempre ele é muito confiável... por isso saber usar ele da forma correta é essencial para gente conseguir obter o melhor resultado com ele sem dores de cabeça. 

Se você quiser saber mais, eu fiz um vídeo falando apenas do termômetro infravermelho aqui no canal, é só clicar no card ou no link que deixei na descrição desse vídeo. 

Mas hoje, como eu comentei, nós vamos falar desse aqui, que é meu fiel escudeiro, me acompanha em todos os momentos na minha produção, mesmo eu preferindo a praticidade do a laser. 

E nesse vídeo você vai descobrir o porquê! 

VISÃO GERAL 

Acontece que termômetro de contato, ou de espeto porque ele tem essa varetinha, ele é um termômetro que, pela minha experiencia, deve ser o primeiro a ser comprado quando nós vamos trabalhar com chocolate e não podemos comprar os dois. 

E olha que, eu pessoalmente, uso muito mais o infravermelho que o de espeto como eu comentei, mas o de espeto nos dá uma maior segurança, diminui a margem de erro na hora de trabalhar comparando com o a laser, que tem mais chances de descalibrar. Então no meu caso, uso as vezes para confirmar uma temperatura, ou até mesmo em casos onde quando meu termômetro a laser fica descalibrado. 

Por isso que, para quem está começando, eu considero que o de espeto pode ser a primeira escolha, pela assertividade dele, que vai ajudar a evitar erros desnecessários durante o processo. 

COMO O TERMÔMETRO A LASER FUNCIONA 

Mas porque mesmo com o de espeto sendo mais assertivo, eu ainda sim prefiro o infravermelho? 

O problema do de espeto é justamente a sua velocidade na hora de medir a temperatura.

Ele demora bem mais pra estabilizar.

Sabe quando nós vamos medir a febre com aqueles termômetros de mercúrio, ou até mesmo os digitais, que colocamos nas axilas e deixamos um tempinho pra ele chegar até a temperatura? 

Nesses termômetros de febre de farmácia, esse tempo é aproximadamente 5 minutos nos mais antigos, ou até apitar nas versões digitais que encontramos hoje em dia. 

Isso acontece porque o termômetro precisa de um tempo para medir a temperatura, até que ela se estabilize. 

O mesmo acontece com o termômetro de espeto, que diferente do termômetro a laser que marca de imediato, essa precisa entrar em contato com o que ele for medir a temperatura, que no nosso caso é o chocolate. 

Então ele precisa encostar no chocolate e ficar ali até que a temperatura dele fique estável, o que pode se levar de 1 a 3 minutos.  

Por isso que, apesar de sua precisão, é preciso tomar alguns cuidados que vou falar ainda nesse vídeo.

CASOS EM QUE O TERMÔMETRO DE ESPETO É INDICADO

Como já disse no começo do vídeo, eu recomendo o uso desse termômetro para que você comece a trabalhar com chocolate, mas ele também tem margem de erro então é preciso tomar os cuidados corretos. 

Fazendo assim ele vai te dar a temperatura que precisa com exatidão e por consumir bem menos bateria, dificilmente irá te deixar na mão ou descalibrar com facilidade, como acontece com os infravermelhos. 

Por isso que, eu sempre insisto que mesmo trabalhando com os termômetros a laser é recomendado que tenha um de espeto por perto, por segurança. 

Isso já aconteceu comigo alias. 

Teve uma vez, acho que até já comentei isso aqui no canal, que fazendo a tablagem no chocolate branco e ele precisava chegar até os 27°C, e movimentando ele na pedra o chocolate ficava cada vez mais espesso. 

Mas não era pra estar, afinal, meu termômetro estava marcando 28ºC graus ainda. 

Então eu percebi que tinha algo errado porque ele não estava espesso assim quando derretido, a menos que a pedra estivesse úmida e eu não tivesse notado. 

Mas eu tinha seco bem ela antes, isso é hábito, então motivo de o chocolate estar espessando só podia ser que meu termômetro estava marcando temperatura errada. Que o chocolate não estivesse aos 28°C mas sim a uma temperatura muito mais baixa. 

Fui conferir com o de espeto e na verdade o chocolate já estava a 25°C. 

O problema era o meu termômetro a laser que estava descalibrado, mais tarde fui descobrir que ele estava com pilhas fracas. 

Então, o termômetro de espeto me salvou e é justamente por essas situações especificas, como essa que aconteceu comigo, que ter um termômetro de espeto é importante.

CUIDADOS ESSENCIAIS NO USO 

Mas, apesar da precisão do termômetro de espeto, é sempre importante lembrar que ele tem um jeito correto de ser usado para que consigamos ter essa precisão sem erros. 

São três pontos principais que a gente precisa observar:

Primeiro, quando a gente derrete ou tempera o chocolate, as vezes um ponto aquece ou esfria mais rapidamente que o outro, por isso tanto no aquecimento quanto no resfriamento, antes de colocar o termômetro para medir a temperatura, a gente precisa mexer no chocolate misturar ele bem pra que a temperatura fique o mais homogênea possível e ai sim a gente possa medir ela. 

Segundo ponto, o termômetro precisa estar em contato apenas com o que ele estiver medindo a temperatura, se na hora do derretimento você simplesmente largar o termômetro no bowl e deixar a temperatura estabilizar a temperatura marcada vai ser influenciada pela temperatura da parede do bowl, uma vez que o termômetro está encostado nela. 

O mesmo acontece na hora do resfriamento, tanto no banho maria frio quanto na pedra.  

Ou seja, se o termômetro encostar no bowl vai dar a temperatura do bowl e se encostar na pedra vai dar a temperatura da pedra. 

Isso é inclusive um dos motivos mais comuns de erro na temperagem. 

E terceiro, é preciso esperar que a temperatura estabilize. Como eu comentei isso pode demorar 1 ou 3 minutos, mais é fácil perceber, a mudança de temperatura vai perdendo velocidade até o ponto que para em uma determinada temperatura.  

A temperatura estará estabilizada quando você contar 15 segundos e a temperatura não muda durante esse tempo.

FINALIZANDO 

Então é isso, hoje nosso assunto foi o termômetro de espeto, eu te contei por que eu gosto tanto dele, nós vimos as vantagens e desvantagens de usar esse termômetro, eu expliquei por que que eu indico esse termômetro para quem está começando agora e te contei o jeito certo de usar ele para evitar erro na hora de trabalhar com chocolate. 

Eu espero que você tenha gostado desse vídeo, foi feito com muito carinho. 

Meu muito obrigada pelo seu carinho de assistir a esse vídeo até o final.

Um beijo bem doce pra você e até o próximo vídeo.

Tags:
Lucre com Chocolate o Ano Todo

Descubra como em apenas alguns minutos você será capaz de encontrar preço certo de venda dos seus produtos e dar adeus aos prejuízos

Quero precificar do jeito certo

Olá, deixe seu comentário para MEUS CHOCOLATES DERRETEM FÁCIL, O QUE ESTOU ERRANDO? | JOY RESPONDE #010

Enviando Comentário Fechar:/

Você está a um passo de Dominar o Chocolate

Dominando o Chocolate é um treinamento que vai te ensinar de forma simples e dinâmica, a dominar o chocolate em 10 dias ou menos.

Quero Saber Mais
  • Para amantes do chocolate

    Pra quem ama o Chocolate e sempre sonhou em produzir chocolates de qualidade em casa, para presentear amigos e parentes, ou apenas por hobby, mas sem interesse de vender.

  • Para empreendedores

    Pra quem quer gerar uma renda extra, abrir o próprio negócio de chocolates ou pra quem já tem um negócio de doces, mas quer enriquecer o seu cardápio com produtos de chocolate com maior qualidade.

  • Para profissionais

    Pra quem deseja se capacitar profissionalmente para trabalhar na área seja em ateliês de doces, chocolaterias, confeitarias, hotéis ou patisseries.

Quero Saber Mais